Como colocar em risco a vida do seu filho(a)?

Estamos em pleno Verão e os dias têm estado quentes e apetecíveis para se estar numa esplanada a refrescar com uma água ou gelado. Num destes dias estava sentado junto à praia quando fico perplexo com o que assisti ao pé de mim, vindo de um casal. Estava o pai, a mãe e a filha, que não teria mais do que 5/6 anos e aquilo que a mãe fazia deixou-me bastante preocupado.

Estavam os 3 sentados numa esplanada, o pai tomava café, a filha que tinha o seu triciclo consigo comia um gelado ainda com o seu capacete de proteção na cabeça e a mãe ao lado a fumar.

“O mais importante não é o que digo, mas sim o que faço”

baby-20607_960_720Foi um episódio bastante intrigante.
Por um lado, os pais ao preocuparem-se com a sua segurança e bem-estar, obrigam a filha a usar o capacete enquanto anda no triciclo; por outro lado, estão sentados na esplanada do café e a mãe “obriga” a sua filha a fumar. Dá que pensar, não dá!?!?!

Preocupam-se com o imediato e o que é visível, ou seja, cair do triciclo e magoar-se, e negligenciam o futuro e o que é invisível, ou seja, o quanto o fumo do cigarro pode vir a provocar nela, por contínua exposição a ele.

“Educar é muito mais do que ensinar, é viver segundo os mesmos princípios educativos”

Não quero com isto criticar os pais pela situação em si, não me cabe a mim fazê-lo, quero sim alertar para o impacto que as nossas ações podem vir a ter nos mais pequenos e no seu futuro.

Nelson Ramos
Consultor & Coach IHTP
www.nelson-ramos.com


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s